Mensagem

Mensagem
Reflexão

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Recebendo Nossa Senhora - por Fafá Biitu


Visita de Nossa Senhora de Fátima ao condomínio: uma noite de muita emoção.

CONSAGRAÇÃO A NOSSA SENHORA


Oh, Minha Senhora e também minha mãe
Eu me ofereço, inteiramente, todo a vós.
E em prova da minha devoção, eu hoje vos dou meu coração.

Consagro a vós meus olhos, meus ouvidos, minha boca
Tudo o que sou, desejo que a vós pertença
Incomparável mãe, guardai-me e defendei-me,
Como coisa e propriedade vossa, Amém
Como coisa e propriedade vossa, Amém.
Oh, Minha Senhora e também minha mãe
Eu me ofereço, inteiramente, todo a vós.
E em prova da minha devoção, eu hoje vos dou meu coração.

Consagro a vós meus olhos, meus ouvidos, minha boca
Tudo o que sou, desejo que a vós pertença
Incomparável mãe, guardai-me e defendei-me,
Como coisa e propriedade vossa, Amém
Como coisa e propriedade vossa, Amém.

domingo, 27 de maio de 2012

DIETA

LARA!

                                                    LARA, GRACIOSA.
                                                 CHEGOU PRA ENCANTAR

.

                                             À FAMÍLIA E AOS AMIGOS.

 Lara, filha de Régis e Minez. Nasceu no dia 25 de maio. Garota encantadora. Aos pais, avós e tios os meus parabéns e que Deus a ilumine e cubra de toda felicidade! Beijos, LARA.
Fideralina.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

PALAVRAS NÃO SÃO NECESSÁRIAS - Por Vicente Almeida

momentos na vida em que as palavras não são necessárias.






























O Fantástico da vida é estar com alguém que saiba fazer de um pequeno instante um grande e eterno momento...!!!
Vicente Almeida
25/05/2012

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Maio de tantas emoções...


Dia 13, aniversário do meu pai – 80 anos (in memoriam) e Dia das Mães.
Dia 22, aniversário da minha filha Beatriz.

Para homenageá-los, escrevo este soneto:

SÓ NETOS

Gabriel, Leila, Caio e Beatriz
São os filhos dos filhos de Chiquinho,
Homem bom que cuidava do seu ninho,
Acalmando o turrão André Luiz.

Sempre foi, com sua Dalva, um aprendiz
Caminhando e traçando o seu caminho.
Fez seu voo, como faz um passarinho,
Imitando uma autêntica codorniz.

Gabriela e Filipe, alegremente,
Com Rodrigo e Guilherme, livremente,
Perguntaram pra Sâmia, o quanto ouso.

Respondi para ela num terceto,
Que ousei construir este soneto
Com os netos de seu Chiquinho de Louso.

PARA DR. RAIMUNDO- HOMENAGEM


ANDRÉ E ARTUR.

Esses dois moços são filhos de Dr.Ítalo Araruna Vieira e netos de Dr.Raimundo Batista Vieira e da Dra.Antônia Araruna Vieira. Através deles faço uma homenagem ao querido Ítalo que nos deixou tão prematuramente. Quanta saudade meu querido! Registro portanto as minhas saudades de um grande homem, primo e amigo. E a vocês, seus filhos o meu abraço fraterno.
Fideralina.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Minha Doce Várzea Alegre - por Fafá Bitu




                              A meu pai JOSÉ ALVES BITU


video


Acho que vou passar a vida recordando de tudo quanto aí deixei, minha doce Várzea Alegre, penso sempre em você,vim à Fortaleza para conhecer o mar e não mais voltei. Algo me prende aqui na capital do Ceará, mas saiba que eu não esqueço de você: a minha casa,o pé de castanhola dando sombra para quem quizesse parar e olhar São Raimundo na Igreja matriz lá do lugar,  a famosa pracinha.. não precisava sair de minha calçada para ver toda a programação religiosa....ter um dedo de prosa com tantos que passavam para o Ginásio São Raimundo, para o posto de sáude da praça Santo Antõnio, a minha primeira escola,a minha rua, a famosa esquina de Seu Zé Bitu, meu velho pai, a capela de São Francisco, o cruzeiro logo atrás, ai como o pensamento voa ao lembrar a terra boa, coisa que não volta mais. Sabe, minha Várzea Alegre, eu lembro muito de você e essas lembranças me fazem pensar no muito que aprendi aí com tudo e todos durante os 18 anos em que fiquei  na " TERRA DOS CONTRASTES", essas lembranças me induziram a conquistar outros espaços, a me reciclar, a valorizar os pequenos detalhes de uma vida que nem sempre a gente pode manter igual para o resto da vida mas ainda lembro muito de você, VÁRZEA ALEGRE e nessas lembranças me sinto criança outra vez.

terça-feira, 22 de maio de 2012

NOVENTA ANOS DR.RAIMUNDO VIEIRA>


Parabénsao Dr. Raimundo Vieira que, festejou com amigos e parentes seus 90 anos. Homem bom e honesto. Médico dos pobres, médico dedicado e cumpridor de seu dver. Merecedor de todos os elogios e de toda essa CONFRATERNIZAÇÃO. Seus filhos, netos, genros, noras sobrinhos, primos e amigos se unem em orações por você.
Sua prima: Fideralina.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

GRANDE AMOR

Se eu sinto, venero e fortifico
Um amor, que jamais foi dos ateus,
É porque o meu grande amor por Deus
É maior do que o céu, eu qualifico.

Se no irmão, um amor, eu edifico
O que nunca o fez, os fariseus,
Discordando, também, do grande Zeus
Este amor fraternal eu glorifico.

Se dos filhos, que amo, eu sinto ausência
E dos pais, a vital obediência,
No meu peito se agrega intensa dor.

É cruel este vasto sentimento,
Que reduz, a farelo, o pensamento,
Quando não está perto o grande amor.


terça-feira, 15 de maio de 2012

A LÁGRIMA. - PADRE VIEIRA.

"A lágrima é um sacramento. Melhor ainda, dois sacramentos:Batismo que purifica a vida, e Extremaunção que santifica para a eternidade. A lágrima pode ser mensageira da dor ou da alegria, da vida ou da morte. O homem abre os olhos para a existência chorando, e os fecha pela morte, ainda sob a unção das lágrimas."

PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DAS FLORES.

Simone, interpretando a canção de Geraldo Vandré. Amo essa música e gosto muito da Simone.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

SÓ PRA MATAR SAUDADES - Por Vicente Almeida




video
14/05/2012

LAMEIRO - CRATO.

Essa foto foi feita em 195.......numa casa das Filhas de Santa Teresa por ocasião de um passeio oferecido as alunas internas do Colégio Santa Teresa em Crato. Espero que alguém me identifique.
Essa turminha era como dizem hoje: "DA PESADA": alegre e amiga. Éramos mui amigas. E é com pesar que lamento a falta de alguém que já nos deixou, ficando a saudade!.

domingo, 13 de maio de 2012

A PRIMARADA REUNIDA.

RECORDAÇÃO
Foi em oito de dezembro
Com o Grangeiro em festa
Que os primos se reuniram
Com finalidade certa
Tirando uma fotografia
Para o evento registrar
E que esse momento seria
Para todos recordar
A celebração do encontro
E da festa relembrar.

É a primarada reunida
Na festa da Conceição
Brincando e contado fatos
Sem saber da nossa lição
Que a mestra impusera
Pra não sofrer decepção
Diante dos nossos pais
Que confiaram uma missão
De alfabetizar os filhos
Sem provocar confusão.

Diante da foto tirada
Uns já não mais estão
Enquanto a maior parte
Da primarada em questão
Recordam com saudades
Da festa da Conceição.
E lá na cidade estão
Quase toda Pinheirada
E a turma animada
Pra se unir em oração.

Fideralina

MÃE. DEDICADO A VOCÊ:


O segundo domingo é o mais ativo
Na escala afetuosa da emoção
Já que traz a sagrada comunhão
De uma mãe, no seu maio tão festivo.

Este dia de amor é expressivo
Para a mãe que abraça a sua paixão,
Não importando se o filho é de um irmão
Ou de um ventre alugado e adotivo.

Nesta data eu demonstro a alegria
Declamada em formato de poesia
Sem perder ou ferir a própria lógica.

Pra dizer à mulher, sem fantasia,
E externar a sublime garantia,
Que a boa mãe não é só a biológica

    Autor: Sávio Pinheiro.

VIRGEM DE FÁTIMA, ROGAI POR NÓS!

                                      PEDINDO POR TODOS NÓS.

Hoje, 13 de Maio além do Dia Consagarado à Virgem de Fátima, celebra-se o Dia das Mães!
A data lembra também o aniversário de Chiquinho, meu irmão que no próximo dia l8 fará  07
anos de sua partida. Á todas as mães que já não estão conosco e as que comemoram o dia de
hoje, as minhas homenagens. Rogo a Nossa Mãe Maior por todas as MÃES DO MUNDO!
Obrigada, por mais esse pedido. E finaliso com a oração: "Ó MARIA CONCEBIDA SEM PECADO, ROGAI POR NÓS. Em seguida cantem comigo:

A CULTURA FICOU VAZIA / SEM O SOUSA SOBRINHO


Divulgando a cultura
De nosso árido sertão
Com grande desenvoltura
A nossa literatura
Com muito burburinho
Digo que nesse caminho
A causa é de nostalgia
A cultura ficou vazia
Sem o Sousa Sobrinho

Foi um grande amigo
E também radialista
Que não tinha em sua lista
Sequer um inimigo
Mas digo que o castigo
Ele nos deixou sozinho
E agora em desalinho
Faltou-nos a alegria
A cultura ficou vazia
Sem o Soza Sobrinho

E o festival de sanfoneiro
Que ele organizava
E a turma adorava
E eu era o primeiro
E tambêm o derradeiro
Que curtia com carinho
Pois não saia sozinho
Pois dançava e a gata curtia
A cultura ficou vazia
Sem o Sousa Sobrinho

Adeus meu camarada
Ao lar de oração
Ficaremos na solidão
E nessa jornada
Seguiremos a caminhada
Triste em nosso caminho
Saiba que o seu carinho
É que nos dará a alegria
A cultura ficou vazia
Sem o Sousa Sobrinho.

Israel Batista

*Essa foto tiramos juntos na apresentação na escola Maria Afonsina no ano 2000,  nos 500 anos de Brasil, nessa foto também consta Bidinho, Gilberto de Zaquel e Damião dos Bonecos 

sábado, 12 de maio de 2012

CONTRAPONTO.

CONTRAPONTO

- Céu azul repleto de nuvens, quem diria... - Fala isso, alegremente, porém com olhos lacrimejantes, a recém-operada de Catarata, dona Gertrudes. O seu oftalmologista, apesar de já estar acostumado com essas cenas após a remoção de curativos cirúrgicos, sente o peso da poesia e da emoção que toma conta do intelecto de sua paciente.

Num passado não muito distante, era comum a cegueira provocada pela opacidade do cristalino, que privava o ser humano de admirar a beleza do firmamento e o colorido das plantas, devido a um envelhecimento precoce da visão, sentido que promove a admiração do mundo em toda a sua plenitude.

Com a implantação das lentes intra-oculares, os oculistas revolucionaram uma área, que trouxe de volta ao ser humano o direito de vislumbrar o universo que o cerca, conduzindo-o a uma melhora na qualidade de vida e a certeza de poder admirar todo o encantamento criado por Deus.

Em casa, a chegada de dona Gertrudes foi comemorada por todos. Festa com direito a bolo, salgadinhos e balões multicoloridos. A emoção deu a graça do momento. A cada instante, uma nova surpresa. - Como a minha netinha está linda!... E você, Clodoaldo, como cresceu! – Não parava de enaltecer o Criador e admirar as plantas, os animais e as pessoas. Estava deslumbrada.

De repente, sente um sobressalto, mas disfarça para não estragar aquela gratificante festa. Agradece à presença de todos os amigos, o apoio familiar recebido, a equipe médica, aos vizinhos. Enfim, a todos que participaram, direta ou indiretamente, para a concretização do sonho de voltar a enxergar.

Dias depois, retornando ao médico para uma consulta de rotina, é instigada por ele: - E aí, dona Gertrudes, como está se sentindo após tanto tempo sem contemplar tanta beleza? – Estou me sentido maravilhosamente bem! Mas tenho de admitir, que tive uma surpresa não muito agradável. – Não entendo... - Surpreende-se o médico. - Mas que desagradável surpresa foi essa, minha senhora? - Sem pestanejar, ela responde: - Fiz uma constatação que me surpreendeu. Como Chico, meu marido, ficou velho e feio, doutor!...
  
 Autor: Dr. Sávio Pinheiro

MENSAGEM DE PESAR!

A cidade de Granjeiro hoje chora sua partida, Zezinha. Você, é considerada a matriarca dessa pequena cidade.  Representou a família por décadas.A cidade
amanheceu mais triste! E, nós seus familiares perdemos mais um ente querido.
O Céu está em festa com sua chegada! Logo hoje quando celebramos 16 anos da
partida de Lisieux (Irmã Lúcia). Ela foi chamada pelo PAI justamente nessa data. Era um domingo, DIA DAS MÃES! E hoje, véspera do seu dia, você foi ao encontro dela e de todos que já partiram.
Quero através dessas simples palavras, levar até seus  filhos e familiares a minha mensagem de pesar.
A Igreja de Nossa Senhora da Conceição abrirá suas portas para que nela seja velado seu corpo e que seus amigos e parentes orem pedindo a Deus por você.
Vai em paz, prima amiga e amada!
Em LUTO: Fideralina.          

sexta-feira, 11 de maio de 2012

PARABÉNS, VERÔNICA!


Neste dia te abraço
Enviando felicidades
És mãe muito amável
Sem nenhuma fragilidade
Receba esse abraço
Que envio com saudade.

  Fideralina - 11/05/2012.

PARABÉNS, MAMÃE!


Parabéns pelo seu dia
Pela mãe que você é.
Parabéns e um abraço
Para essa mãe de fé.

Te abraço com carinho
Te dedico de coração
Essas quadras que faço
Com toda satisfação.

   Fideralina - 11 de Maio 2012.

HOMENAGEM À MINHA MÃE.

Para Sempre

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.

Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.
Carlos Drummond de Andrade

Ao meu Padrinho Pedro Piau - por Zezê Bitu


Padim Pedro, essa foto montagem lembra uma data muito especial quando nos encontramos na IGREJA DA SAGRADA FAMÍLIA para comemorar seus 90 anos. Esse dia ficou gravado  na minha memória. Foram momentos em que celebramos em família um encontro selado por uma profunda amizade. Considero-me felizarda
 em ter sido conduzida à pia batismal por tão simpático, inteligente e abnegado ser humano e minha bondosa madrinha Iraci. Obrigada, meu padim!Obrigada pela amizade a minha família...pela atenção a mim dedicada, por trilhar nossos caminhos. Infelizmente, não posso mais usufruir da sua presença física mas com certeza está agora rodeado de seus entes queridos: Madrinha Iraci(sua primeira esposa), Joãozinho e meus pais que eram também padrinhos de seu filho Serginho da minha idade. Nossas famílias sempre se deram muito bem, morávamos pertinho e até hoje procuramos manter esse forte laço de amizade. Saudades eternas de sua afilhada,
Antônia Alves Bitu ( Zezê)
 
(Agradecemos a colaboração da amiga Fideralina)

quinta-feira, 10 de maio de 2012

MEDALHA MILAGROSA.


Nossa Senhora apareceu a uma humilde religiosa e disse:
"Todas as pessoas que usarem a Medalha receberão grandes graças, trazendo-a ao pescoço".
"As graças serão abundantes para as pessoas que usarem com confiança".
A religiosa que recebeu essa mensagem foi Santa Catarina Labouré.
Na frente da Medalha está escrita a seguinte oração: Ó MARIA CONCEBIDA SEM PECADO, ROGAI POR NÒS QUE RECORREMOS A VÓS!

MOMENTO DE ORAÇÃO.

:
Ó Imaculada Virgem Mãe de Deus e nossa Mãe, ao contemplar-vos de braços abertos derramando graças sobre os que vo-las pedem, cheios de confiança na vossa poderosa intercessão, inúmeras vezes manifestada pela Medalha Milagrosa, embora reconhecendo a nossa indignidade por causa de nossas inúmeras culpas, acercamo-nos de vossos pés para vos expor, durante esta oração, as nossas mais prementes necessidades (momento de silêncio e de pedir a graça desejada).
Concedei, pois, ó Virgem da Medalha Milagrosa, este favor que confiantes vos solicitamos, para maior Glória de Deus, engrandecimento do vosso nome, e o bem de nossas almas. E para melhor servirmos ao vosso Divino Filho, inspirai-nos profundo ódio ao pecado e dai-nos coragem de nos afirmar sempre como verdadeiros cristãos. Amém – (Rezar 3 Ave Maria) – Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

SAUDADES!

Às vezes sinto saudades
De quando era criança
Quando andava descalça
Pensando com esperança
Se a vida mudaria
Ou tudo seria lembrança.

Hoje fico pensando
Se havia felicidade
Naquela casa isolada
Sem nenhuma falsidade
E já estou convencida
Que havia lealdade.

A vida era modesta
Sem nenhuma vaidade
Com o trabalho braçal
Não escolhendo idade
Mas todos eram honestos
Havendo felicidade.

Feliz aquela criança
Que hoje está calçada
Mais que ainda se recorda
Da casinha da Picada
E adora andar descalça
Quando se sente cansada.
     Fideralina

terça-feira, 8 de maio de 2012

REUNIÃO EM FAMÍLIA.

Foi em oito de dezembro
Do ano que não me lembro
Que os primos se reuniram
Na festa da Conceição
Para fazer essa foto
E deixar a recordação.

     Fideralina.
 

segunda-feira, 7 de maio de 2012

VALDÊNIA EM FAMÍLIA.

Minha boa amiga, espero que esteja aproveitando o máximo de seu passeio. Estou feliz por você. Aproveite e descanse bastante. Saudades.
Fideralina.

domingo, 6 de maio de 2012

RECORDAR É VIVER.


FRIDDA ESCREVE.

.
Certo dia escrevi
Uma quadra engraçada
E ninguém deu atenção
Pois fiquei indignada
Com a falta de carinho
Pela pessoa amada.

No entanto continuei
Escrevendo o que queria
Até que alguém notasse
E o quanto bom seria
Fazer algum comentário
Enchendo-me de alegria.


E a coisa deu muito certo
Acontecendo em algum dia
Recebi uma postagem
Falando com cortesia
E a  desculpa foi pedida
Que aceitei com simpatia.


E o que foi escrito ontem
Hoje não mais tem valia
Pois foi uma brincadeira
Uma coisa bem sadia
Ocupando um espaço
Da vida a cada dia.

DOIS ANÔNIMOS.

hoje
tive uma vontade danada
de tomar Cristo pelo braço
e andar por aí...

andar por todos
os bares das esquinas
sentarmos nos bancos
como dois anônimos
e conversarmos

dizer da paz
dizer da guerra
e ririmos como dois
velhos amigos

ele me dirá
os problemas de lá
e eu, os de cá.
passaremos várias
noites em branco
podemos até ficar bêbados

sentiremos talvez
desejo de retorno
ao útero materno,
mas, antes, falaremos do mundo
principalmente dos homens

andaremos descalços
pelas ruas das metrópoles,
entre carros, humanos-mortos,
depois iremos à praia
e lavaremos nossos pés...

então sairemos caminhando
caminhando
talvez até o infinito
como dois velhos amigos
sentiremos desejo
um do outro
mas, sei que viria
a partida

trágica como
a conversa de dois anônimos
no bar da esquina
em qualquer ponto
do planeta terra.

hoje
tive uma vontade danada
de tomar Cristo pelo braço
e andar por aí...

POEMA DE B.C.N.
Meu Professor de Filosofia.

DE SÃO PAULO PARA FIDERALINA - Por Vicente Almeida

video

Alegra-te, a vida é bela.

sábado, 5 de maio de 2012

O LAÇO

Meu Deus!!! Como é engraçado!...
Nunca tinha reparado como é curioso um laço...
Uma fita dando volta que se enrosca...
Mas não se embola.
Vira, revira, circula e pronto:
Está dado o laço.
Assim como um abraço:
Coração com coração.
Tudo isso cercado de muito braço.
É assim que é o laço:
Um abraço no presente...
No cabelo...
No vesido...
Em qualquer coisa que faço.
E quando puxo uma ponta,
O que é que acontece?
Vai escorregando... devagarzinho...
Desmancha... desfaz o abraço.
Solta o presente, o cabelo...
E na fita que curioso,
Não faltou nenhum pedaço.
Ah! Então é assim o amor, a amizade,
Tudo o que é sentimento,
Como um peaço de fita.
Enrosca, segura um pouquinho,
Mas pode desfazer a qualquer hora,
Deixando livre as duas pontas do laço.
Por isso é que se diz:
Laço afetivo, laço de amizade...
Assim é o amor...
Não prende, não escraviza,
Não aperta, não sufoca.

        Mário Quintana.
   


SAUDADES ETERNA.!

Parabéns pra você
Nesta data querida
Muitas felicidades
Muitos anos de vida!

Tem 16 anos que não mais catarolamos essa canção no dia 06 de maio. Era um dia festivo em família. Comemorávamos o aniversário de Lisieux. No entanto a
data se transformou em tristeza e saudades. Ela não está mais presente, não entre nós. Lá no Céu, com certeza festeja com os anjos esse seis de maio. Quanta falta você nos faz, minha irmã. Quantas alegrias você nos proporcionou. Hoje, véspera de seu aniversário estou pedindo que interceda junto a Deus por todos nós. Lembro muito bem do dia 06 de maio de l996 quando já muito frágil comemorava a data com seus familiares. Você sorria e celebrava o dia com todo entusiasmo sem deixar transparecer a dor e a certeza de sua breve partida. E Deus ainda  nos presentiou por mais alguns dias, da sua companhia E no dia 12 do mesmo mês, um domingo, DIA em que era celabrado a festa das MÃES , Ele o levou para junto de SI.
Que os ANJOS cantem em seu louvor!


  Fideralina.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

MARIA DE NAZARÉ _ PADRE ZEZINHO

Maria, mãe amável, Mãe amiga, Mãe de todos nós; rogai por nós.

CREMAÇÃO - SÁVIO PINHEIRO



Se estou vivo pretendo me mostrar  
Que sou um galho da árvore da vida,
Pois jamais enfrentei uma partida
De um jogo que fosse me anular.

Sou um ser vivo de mente singular
Quando penso na minha sobrevida.
Porém, quando esta vida for banida
Mesmo assim, eu pretendo aqui ficar.

Numa flor ou em plantação rasteira
Vou viver minha vida verdadeira
Como adubo provindo deste chão.

Devo ser enterrado em cova rasa
Para em breve florir a nova casa,
Daí, não aceitar a cremação.


O ASSOBIO DO VENTO.

O assobio do vento
Soprando ao meu ouvido
Penetra no pensamento
Lembranças de anos vividos
Me dando uma certeza
Afogada na tristeza
De um amor esquecido.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

MENSAGEM

Fideralina,
"Amar não é aceitar tudo.
Aliás: onde tudo é aceito,
desconfio que há
falta de amor".
bjs...no
  1. Ivoneide.

terça-feira, 1 de maio de 2012

JOANA EM ORAÇÃO - TREZE DE MAIO


MAIO, MÊS DAS MÃES - Por Valdênia Almeida

MAIO - MÊS DAS MÃES



Diante
de tanta solidariedade às mães
Venho neste mês prestar também minha homenagem
A mãe cujo filho lhe enriquece a alma
Mas, lembrando também nesta postagem
A amargura do coração materno que entristecida
Foi pelo filho abandonada e esquecida
Não sabe onde anda, qual é sua paragem.

Sim...
Rogo a Deus, paz e vida longa
Para todas as mães desta sofrida terra
Mas, sem esquecer aquela mãe pelos anos carcomida
Sofrendo pelo filho que perdeu na guerra
E a enfermidade deste outro já quase sem vida
Ela ao pé da sua cama de si mesma esquecida
Chorando de dor... Seu coração de mãe não erra.

Muitas
mães transbordam de alegria
Com tudo que o filho em tenra idade apronta
Aquelas outras amanhecem o dia
A porta da prisão assim que o sol desponta
Para ver o filho amado
Ali confinado
Por motivos que ela nem faz conta

O amor pelas mães enriquece as lojas
Onde os filhos lhes compram o presente pioneiro
Já na casa de outras mães o filho chora
E elas com eles choram o desespero
De não ter o alimento necessário
A panela vazia, o coração cheio de amor mas solitário
No fogão só cinzas fogo apagado e sem brasileiro.

E nese mês as mães recebem muitos abraços
Carinhos e beijos de modo ardente
Bem podiam retribuir em orações
Agora... Neste mês somente
Em benefício das mães que vivem em constante luta
Sem lamentar o cansaço da labuta
E a orar pelos filhos de forma permanente.

SE ME PERGUNTARES:
Onde estão essas mães que não se vê
Andando nas ruas, nas praças, em qualquer parte?
RESPONDEREI: Como operárias ou domésticas
O tempo não lhes dá chances de compras e desta arte
Vivem no silêncio do anonimato, no trabalho honrado
Conduzindo no regaço do coração o filho amado
FINALMENTE TE DIGO: Mãe assim existe em toda parte.

Valdênia Almeida
São Paulo: 01/05/2012

DIA DO TRABALHO?

Dia trabalho
Vamos comemorar?
Com um salário pequeno
Eu sei que não dá
Tudo sobe e aumenta
E nada do salário aumentar
São muitos os trabalhadores
Dessa nossa nação
Dia primeiro de maio
Dia do trabalhador
Mas tenho uma grande dor
Em não trabalhar
O desemprego é grande
E faço parte dele
Vou criar no calendário
Um dia especial pra nós
O dia do desempregado
E quanta gente irá comemorar
Pode crer
Pois o desemprego é grande pra valer
Mas parabenizo esse trabalhador
Que constrói o país
Com o seu suor de Homem honesto e trabalhador
E peço aos gonvernantes mais empregos
Pois no dia do trabalho tem muitos desempregados
Esperando a vez de mostrar suas qualidades
Parabéns trabalhador, vocês são herois
Desse meu Brasil gigante e altaneiro

Israel Batista